Blog

Dicas, artigos e muito mais

Funil de recrutamento: uma ótima ferramenta para otimizar suas contratações

Agora, a tecnologia é uma parte essencial do recrutamento, transformando a maneira como as empresas e os candidatos a emprego interagem durante o processo de contratação.

Por exemplo, o recrutamento programático estabelece as bases para o fornecimento competitivo de candidatos, enquanto as plataformas de análise transmitem informações, em tempo real, sobre o processo de inscrição.

Essas são apenas algumas partes de uma imagem de contratação muito maior, uma que funciona como uma unidade para definir como um candidato a emprego se comporta enquanto explora ou aproveita uma oportunidade de trabalho.

Pontos de contato durante um processo de inscrição são conhecidos como funil de recrutamento.

Importância de um funil de recrutamento contínuo

A otimização da jornada do candidato deve ser uma área de foco para qualquer empregador. Desde o momento em que um candidato à vaga entra em contato com uma empresa, até o processo de integração real e além, segue um caminho único que consiste em vários pontos de contato.

O modelo de funil de recrutamento fornece uma visão geral avançada e abrangente de todos os pontos de contato, facilitando aos empregadores a identificação de áreas com potencial atrito.

Funil de recrutamento é muito parecido com o conceito de funil de compras em vendas e Marketing, que ajuda os especialistas a entender melhor o comportamento de seus clientes.

A única diferença é que os empregadores procuram entender os comportamentos dos candidatos e obter insights que informam campanhas de contratação de alto desempenho e baseadas em dados.

Etapas de um funil de recrutamento e seleção

Recrutamento e seleção, quando feito por meio do funil possui três etapas a serem seguidas. A primeira é o topo do funil, que é quando o empregador e a empresa querem atrair os perfis que combinem com a vaga solicitada. Dessa forma, eles precisam caprichar bastante no conteúdo divulgado.

Depois disso, eles precisam conhecer bem todas as características dos candidatos selecionados e escolher a melhor forma de abordagem para que seja feita a entrevista.

Dentro dessa etapa, existem dois tipos de análise: automatizada e comportamental.

Na primeira, são usadas algumas ferramentas de automação e recrutamento na plataforma online, para filtrar os currículos que sejam adequados e se encaixem perfeitamente nos pré-requisitos indispensáveis.

Já a segunda, é para uma seleção assertiva. E o nome já diz, seleciona os currículos com a tendência comportamental e competência necessárias para a vaga.

A segunda etapa é o meio funil, é fundamental no recrutamento. Nela, os currículos já podem ser analisados manualmente e conhecer melhor os candidatos por meio das entrevistas. É importante prestar atenção no nível de comprometimento do candidato.

E por fim, temos o fundo do funil. Depois de passar por todas as entrevistas e dinâmicas, é a hora de tomar a decisão. Contudo, dentro dessa etapa, temos o onboarding. Ele ocorre depois da contratação, e é quando o setor de RH vai inserir o novo funcionário à empresa e ele será acolhido pelo resto da equipe.

Precisa de ajuda?

Aplicar essa metodologia otimiza bastante o recrutamento e seleção. E, para isso, você pode contar com uma empresa que realize da melhor forma. Por isso, conte com os nossos serviços.

Nós somos uma empresa tradicional na região de atuação. Trabalhamos com recrutamento e seleção, mão de obra terceirizada e temporária. Entre em contato com a gente, caso precise de ajuda!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *